segunda-feira, 22 de junho de 2015

O Amor


O amor precisa ser uma realidade na sua vida,não só um poema,não só um sonho.

Ele tem de ser concretizado.

Nunca é tarde demais para viver amor pela primeira vez.

Aprenda a amar.

Poucas pessoas sabem amar.

Todas elas sabem que o amor é necessário,todas elas sabem que,sem amor,a vida não tem sentido.

Mas elas não sabem amar.

E seja o que for que elas façam em nome do amor,não é amor,e sempre outra coisa diferente.

É uma mistura de ciúme,raiva,ódio,possessividade, dominação,ego.

Todos esses venenos destroem o verdadeiro néctar do amor.

Amar significa livrar-se de todos esses venenos e,depois disso,aos poucos você começará a ver um novo tipo de amor brotar dentro de você.

Mohan Chandra Rajneesh*Osho.

Namastê

domingo, 21 de junho de 2015

Responsabilidade...


Quando você começa a ficar responsável em relação a si mesmo,começa a abandonar suas máscaras.Os outros começam a se sentir perturbados,porque eles sempre tiveram expectativas e você satisfazia essas exigências.Agora eles sentem que você está ficando irresponsável.

Quando os outros dizem que você está sendo irresponsável,estão simplesmente dizendo que você está saindo do controle deles.Você está ficando mais livre.Para condenar o seu comportamento,eles o chamam de irresponsável.

Na verdade,sua liberdade está crescendo e você está se tornando responsável. Responsabilidade significa a habilidade de responder.Ela não é uma obrigação que precisa ser satisfeita no sentido comum.Ela é capacidade de responder,sensibilidade.

Porém, quanto mais sensível você se tornar,mais descobrirá que muitas pessoas acham que você está ficando irresponsável – e você precisa aceitar isso -,porque os interesses delas,os investimentos delas não serão satisfeitos.Muitas vezes você não satisfará as suas expectativas, mas ninguém está aqui para satisfazer as expectativas dos outros.

A responsabilidade básica é para com você mesmo.Assim,um meditador primeiro se torna muito egoísta.Porém,mais tarde,quando ele ficar mais centrado,mais enraizado em seu próprio ser,a energia começará a transbordar.Mas isso não é uma obrigação,não é que a pessoa precise fazê-lo.Ela adora fazê-lo;trata-se de um compartilhar.

Osho

Namastê

sexta-feira, 19 de junho de 2015

O Amor


O amor precisa ser uma realidade na sua vida, não só um poema, não só um sonho. 
Ele tem de ser concretizado. 
Nunca é tarde demais para viver amor pela primeira vez. 
Aprenda a amar. 
Poucas pessoas sabem amar. 
Todas elas sabem que o amor é necessário,todas elas sabem que,sem amor,a vida não tem sentido. 
Mas elas não sabem amar. 
E seja o que for que elas façam em nome do amor,não é amor,e sempre outra coisa diferente. 
É uma mistura de ciúme,raiva,ódio,possessividade,dominação,ego. 
Todos esses venenos destroem o verdadeiro néctar do amor. 
Amar significa livrar-se de todos esses venenos e,depois disso,aos poucos você começará a ver um novo tipo de amor brotar dentro de você. 

Osho

Namastê/Namaskar

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Mente


Sentindo-se triste?Dance ou vá tomar uma ducha e veja a tristeza desaparecer de seu corpo.Sinta como a água que bate em você leva junto a tristeza,da mesma forma que leva embora o suor e a poeira de seu corpo.

Coloque sua mente em uma situação tal que ela não seja capaz de funcionar de maneira habitual.Qualquer coisa serve.Afinal,todas as técnicas que foram desenvolvidas ao longo dos séculos não passam de tentativas para distrair a mente e demovê-la dos velhos padrões.


Por exemplo,se você estiver se sentindo irritado,inspire e expire profundamente durante apenas dois minutos e veja o que acontece com a sua raiva.
Ao respirar profundamente,você terá confundido sua mente,pois ela não é capaz de correlacionar as duas coisas."Desde quando",a mente começa a se perguntar,"alguém respira profundamente quando está com raiva?O que está acontecendo?"

A dica é nunca se repetir.Caso contrário,se toda vez que se sentir triste você for para o chuveiro,a mente transformará isso num hábito.Após a terceira ou quarta vez,ela aprenderá:"Isso é algo permitido.Você está triste,então é por isso que está tomando uma ducha." Nesse caso,a ducha irá apenas transformar-se em parte de sua tristeza.

Seja inovador,seja criativo.Continue confundindo a mente.Seu companheiro diz algo e você se sente irritado. Em vez de bater nele ou jogar alguma coisa em sua direção,mude o padrão do pensamento:dê-lhe um abraço e um beijo.Confunda-o também!De repente,você perceberá que a mente é um mecanismo e que ela se sente perdida com o que é novo.

Abra a janela e deixe novos ventos entrarem.

Osho

Namastê/Namaskar

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Verdade*Osho


Existem duas maneiras de se buscar a verdade:uma é tomar emprestado o conhecimento;a outra é buscar por si mesmo.
É claro que é fácil tomar emprestado,mas tudo o que você toma emprestado não é seu,e o que não é seu não pode ser verdadeiro. 
Esta condição tem de ser cumprida:a verdade tem de ser sua.
Eu posso ter conhecido a verdade,mas não posso transferi-la para você. 

Ninguém pode dá-la a você,você não pode tomá-la emprestado,não pode roubá-la,não pode comprá-la tem de conhecê-la. 
A verdade tem de ser vivida. Não é algo externo, é um crescimento interior.
A verdade é subjetiva,então como consegui-la através de outra pessoa,através das escrituras? 

Você tem de passar por ela,não existe atalho. 
Muitas vezes você fracassará, muitas vezes cometerá erros,muitas vezes se perderá - mas é assim mesmo. 
Tente nova e novamente;recomece a busca outra e outra vez. 
Tudo faz parte do aprendizado. 
Não desanime. 
 Mantenha a esperança;essa é a qualidade do buscador. 
Um buscador confia,espera,tem paciência e continua sua jornada,sua viagem ao encontro da verdade;da sua verdade. 
E ela é sempre nova,original - ela é virgem,ela é sua própria experiência. 
E quando a experiência é sua,ela o transforma.


Namastê/Namaskar

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Celebração


" Celebração é a base da minha maneira de viver – não a renúncia,mas regozijo.
Alegrem-se com todas as coisas belas,com todas as alegrias,com tudo o que a vida oferece,porque essa vida é um dom de Deus.
Para mim,vida e Deus são sinônimos.
Na verdade,vida é uma palavra muito melhor do que a palavra "Deus".
Esta é apenas uma expressão filosófica,enquanto a vida é real,existencial.
A palavra "Deus" existe apenas nas escrituras.
É uma palavra,uma simples palavra.
A vida está dentro de você e fora de você – nas árvores,nas nuvens,nas estrelas. 
Toda essa existência é uma dança da vida.
Ame a vida. 

Viva a sua vida totalmente,se embreague com o divino através da vida. 
Estou em grande amor com a vida,eu ensino celebração. 
Tudo tem que ser comemorado,tudo tem que ser vivido,amado.
Para mim,nada é mundano ou sagrado. 

Tudo é sagrado,desde o degrau mais baixo da escada para o mais alto dos degraus. 
É a mesma escada: do corpo à alma,do físico para o espiritual,do sexo ao samadhi – tudo é divino!"

Osho

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Mohan Chandra Rajneesh


Primeiro fique sozinho.
Primeiro comece a se divertir sozinho.
Primeiro amar a si mesmo.
Primeiro ser tão autenticamente feliz,que se ninguém vem, não importa;você está cheio, transbordando.
Se ninguém bate à sua porta,está tudo bem -
Você não está em falta.
Você não está esperando por alguém para vir e bater à porta.
Você está em casa.
Se alguém vier, bom,belo.
Se ninguém vier,também é bom e belo
Em seguida, você pode passar para um relacionamento.
Agora você se move como um mestre,não como um mendigo.
Agora você se move como um imperador,não como um mendigo.
E a pessoa que viveu em sua solidão será sempre atraídos para outra pessoa que também está vivendo sua solidão lindamente,porque o mesmo atrai o mesmo.
Quando dois mestres se encontram - mestres do seu ser,de sua solidão -felicidade não é apenas acrescentada: é multiplicada.
Torna-se uma tremendo fenômeno de celebração.
E eles não exploram um ao outro,eles compartilham.
Eles não utilizam o outro.
Em vez disso,pelo contrário,ambos tornam-se UM e desfrutam da existência que os rodeia.

Osho

Namastê/Namaskar

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Osho


Se queres aprender alguma coisa,
aprende a confiar - nada mais é exigido.
Se estás infeliz,
nada mais te auxiliará - aprende a confiar.
Se não encontras significado na vida
e te achas sem sentido,
nada ajudará - aprende a confiar.
A confiança traz significação,porque a confiança
torna-te capaz de permitir que o Todo desça sobre ti.



Não espere coisa alguma.
Não há necessidade de esperar,porque tudo que você pode esperar já lhe foi dado. 
O que mais poderia esperar?
Você está aqui,tudo está aqui — o mero existir já basta. 
Mas você não reconhece,quer um rato morto,uma viagem do ego,algum sucesso aos olhos do mundo.
Esse sucesso não virá;até os Alexandres fracassaram.
O próprio Alexandre morreu pobre,um mendigo,porque tudo que se acumula é tirado da pessoa — ela parte de mãos vazias.
De mãos vazias você vem,e de mãos vazias vai.
Então,para que se incomodar com sucesso,riqueza,poder — material ou espiritual?
Apenas seja... 
E ser é o maior dos milagres.
Volte-se para dentro de si mesmo — o que Buda chama de parabvrutti.
Dê uma volta completa para dentro de si,uma volta total,e de repente estará cheio de alegria,não precisará de nada.
Na verdade,você terá tanto que vai querer fazer jorrar sobre os outros.
 


 Namastê/Namaskar

domingo, 29 de março de 2015

Celebração a Kuan Yin


Celebração do Dia*28 DE MARÇO

Dia de Kuan Yin,na China e no Japão,a protetora dos lares e deusa da compaixão,da cura,da bondade e da felicidade.

Kuan Yin é um “bodhisattwa” feminino,o equivalente chinês da Virgem Maria. 

Seu nome significa “aquela que ouve o choro do mundo”,atendendo a cada oração que lhe é enviada. 

Ao pronunciar-se seu nome,alcança-se alívio para as dores físicas e morais.

Seus seguidores não comem carne e não praticam nenhum ato de violência,vivendo de forma harmônica, fazendo caridade.

As estátuas de Kwan Yin representam-na segundo galhos de salgueiro ou coberta de jóias;seus gestos são de generosidade e banimento dos medos e dificuldades.

As pessoas usam suas estatuetas para meditação,repetindo constantemente seu nome para atrair seus dons de paz e compaixão.

(fonte: “ O Anuário da Grande Mãe”,de Mirella Faur)

Namastê/Namaskar

terça-feira, 17 de março de 2015

...Certo...Errado...


Pessoas que ainda estão enraizadas na tradição,e que pensam que sabem o que é certo e o que é errado, nunca chegarão a um Buda.
Elas vão continuar a viver a sua vida – a vida de rotina,maçante,a vida morta.
Elas irão seguir no cumprimento de seus deveres como seus antepassados costumavam fazer.
…Mas quando você vem a um Buda e você começa a se mover em direção ao desconhecido,não há nenhuma estrada,nenhum caminho trilhado.
Você tem que fazer seu próprio caminho andando,o caminho não será encontrado já feito.
…Eu posso lhe dar estímulo para seguir por conta própria,eu posso desencadear um processo de inquérito em você,mas eu não vou lhe dar um sistema de pensamento,eu não lhe darei qualquer certeza.
…Só posso prometer-lhe uma grande aventura,arriscada,perigosa,sem promessa de que irá alcançá-lo – porque o desconhecido não pode ser garantido.
..Se você veio a mim para ir para a derradeira aventura em busca de Deus,se você veio a mim para ousar, para aceitar o desafio do mar desconhecido,as ondas rugindo,sem a possibilidade de ver a outra margem, então,você veio para a pessoa certa.
Então muito é possível.
Eu só digo “possível” – Eu não posso dizer que é absolutamente certo.
É sempre uma possibilidade,você pode ser capaz de fazer isso,você pode não ser capaz de fazer isso,não há nenhuma garantia.
Ele não é uma mercadoria que pode ser garantida,é uma aposta.

Osho

Namastê/Namaskar